"Toda memória de um homem é sua literatura particular"

sábado, 18 de junho de 2016

Lançamentos de junho da Draco

AS NOVIDADES DO DRAGÃO!

reverso

Reverso, Karen Alvares

E se do outro lado do espelho estivesse tudo o que você mais teme?
Megan gostaria de ter deixado todos os seus medos do outro lado do espelho, presos com Megami e sua perigosa obsessão. Mas ela sabe que nada é tão fácil e, rápido demais, o espelho cobra seu preço também deste lado. Megan se vê dentro do seu maior pesadelo, um que conhece muito bem. E agora, além de lutar contra Megami, precisa fazer uma terrível escolha que definirá o seu futuro e o das pessoas ao seu redor.
Em meio a tantos segredos e dúvidas, Megan deve descobrir a verdade sobre Megami e, acima de tudo, sobre si mesma.
Reverso é a conclusão da história iniciada em Inverso, de Karen Alvares, a jornada de uma garota em busca de sua própria identidade. Para proteger quem mais ama, Megan enfrentará seus maiores temores e irá compreender seus sentimentos mais profundos. Mas será que ela é assim tão diferente da garota que a encara do outro lado do espelho?
Autora: Karen Alvares 
ISBN: 978-85-8243-176-4 
Gênero: YA, suspense, terror 
Formato: 14cm x 21cm 
Páginas: 148 
Preço de capa: R$ 31,90 (papel)
afonteambar

A Fonte Âmbar, Ana Lúcia Merege

Quem pode perceber a diferença entre o Bem e o Mal?
A ameaça de uma guerra mágica paira sobre Athelgard. Muitos magos preferem não se envolver, mas Kieran de Scyllix empunha suas espadas e parte para sua terra natal, decidido a derrotar o feiticeiro que acompanha o exército invasor. Por sua vez, a Mestra de Sagas Anna de Bryke continua a lutar pela liberdade das águias douradas, fazendo alianças perigosas e chegando cada vez mais perto da verdade sobre o passado de Kieran.
A Fonte Âmbar fecha a trilogia de Ana Lúcia Merege, autora que já é referência nacional de literatura fantástica. Dessa vez, as vozes dos narradores de O Castelo das Águias e A Ilha dos Ossos se somam às de outros personagens, a quem a expectativa da guerra afeta de diferentes maneiras. Aprendizes da Escola de Artes Mágicas, nobres elfos, guerreiros, camponeses e até membros das tropas inimigas contribuem para trazer aos leitores uma história cheia de nuances e desafios inesperados.
Na conclusão da primeira série em Athelgard, a diferença entre o Bem e o Mal pode ser mais estreita do que o fio de uma lâmina.
Autora: Ana Lúcia Merege 
ISBN: 978-85-8243-178-8 
Gênero: Fantasia 
Formato: 14cm x 21cm 
Páginas: 300 
Preço de capa: R$ 49,90 (papel)
ultimorefugio

Último Refúgio, J. M. Beraldo

Uma cidade fantástica onde se controlam sonhos, vidas e planos de existência
Conheça Último Refúgio, cidade remanescente de um reino eterno que uma vez conquistou mundos inteiros, mas hoje desmorona a cada dia. Governada por uma casta de seres capazes de incríveis feitos através da magia, atrai o interesse de refugiados da guerra contra o Império de Diamante e a gananciosa Companhia Mercantil de Valmedor.
Em meio a esse caos social, Vema Thevar, treinada na arte panjek da Mente, é contratada por um aristocrata para criar sonhos perfeitos. Enquanto isso, o capitão Kasim, que acabou de chegar da guerra, investiga uma rebelião nascendo entre os descontentes da cidade. Se não resolver a insurgência antes que ela exploda, a Companhia dará ordem para iniciar um massacre.
Neste mundo fantástico baseado nas culturas africana e indiana, o autor J. M. Beraldo conduzirá os dois protagonistas por uma trama entre poderosos que só querem garantir os seus privilégios. O que nenhum dos dois sabe é que suas histórias não são isoladas, mas sim ligadas por uma conspiração que mudará para sempre o mundo.
Autor: J. M. Beraldo 
ISBN: 978-85-8243-172-6 
Gênero: fantasia 
Formato: 14cm x 21cm 
Páginas: 376 
Preço de capa: R$57,90 (papel)
cacadora3 capa-72

A Caçadora – Temporada de Caça, Vivianne Fair

E agora querem viver felizes para sempre? Ah, não vai ser fácil!
Uma caçadora e um vampiro juntos? É, nem todo mundo está contente com o romance de Jéssica e Zack. Nem o Conselho – que enfim se toca dos dois! – nem os antigos bebedores de sangue.
Dante é um dos insatisfeitos e lidera vampiros rebeldes que querem Zack de volta no comando do clã. E aí sobra para Jessi fugir desses gelados enquanto atura seu querido caçado que fica tirando sarro dela o tempo todo.
Conseguirá Zack lidar com a insurreição de seus súditos? E Jessi, conseguirá se manter linda e arrumada enquanto enrola no trabalho como nunca? Mesmo brigando como gato e rato, os dois só pensam em ficar juntos. Mas dessa vez, a transformação de um dos dois deverá acontecer.
A Caçadora – Temporada de Caça fecha a trilogia A Caçadora, de Vivianne Fair, autora que conquistou fãs pelas suas divertidas comédias românticas cheias de referências à cultura pop.
Autor: Vivianne Fair 
ISBN: 978-85-8243-018-7 
eISBN: 978-85-8243-020-0 
Gênero: Fantasia, comédia, romance 
Formato: 14 cm x 21 cm 
Páginas: 320 
Preço de capa: R$ 49,90 (papel) 
R$ 24,90 (e-book)
tit-capa-nova-72

Títulos de Nobreza e Hierarquias: um guia sobre as graduações sociais na história, Antonio Luiz M. C. Costa

Como devemos nos dirigir a um Rei? Um Sultão é a mesma coisa que um Califa? Quem era mais importante, um Duque ou um Barão? Que cargos havia nas cortes da Idade Média? Para responder a essas e a outras perguntas de curiosos pelas organizações sociais e militares através do tempo, a Editora Draco traz uma pesquisa detalhada de Antonio Luiz M. C. Costa, autor de ficção especulativa e editor de política internacional da CartaCapital.
Títulos de Nobreza e Hierarquias: um guia sobre as graduações sociais na história é um extenso manual que vai desde os incas, polinésios, indianos e japoneses à Europa, berço de civilizações conquistadoras, tribos bárbaras e da maior organização religiosa do mundo, a Igreja Católica.
Com um texto acessível e que traz referências à literatura e cultura pop, explorar os intrincados labirintos das hierarquias será como um passeio. 
Viajando pelos continentes, descubra como tratar nobres e plebeus da Antiguidade à atualidade, decifre as denominações e divisões dentro das sociedades secretas e marche pelas forças armadas de diversas culturas.
Depois dessa leitura, ler e escrever sobre história — real ou imaginária — será cada vez mais prazeroso.
Autor: Antonio Luiz M. C. Costa 
ISBN: 978-85-8243-070-5 
eISBN: 978-85-8243-071-2 
Gênero: Genealogia e heráldica, Obra de Referência 
Formato: 14 cm x 21 cm 
Páginas: 500 
Preço de capa: R$ 64,90 (papel) 
R$ 24,90 (e-book)
hq-banner

LANÇAMENTOS DRACOMICS

ImaHQ4capa-baixa

Imaginários em Quadrinhos v. 4

Universos fantásticos imaginados por quadrinistas consagrados e novos talentos. Essa é a coleção Imaginários em quadrinhos, que em cada volume traz 120 páginas de roteiros e desenhos incríveis para o público adulto que curte boas histórias.
Neste volume da coleção Imaginários em Quadrinhos da Editora Draco, organizado por Raphael Fernandes, os quadrinistas Geraldo Borges, Jussara Gonzo, Rafael Dantas, Kaléo Mendes, Luís Carlos Sousa, Maxwell Duarte, MJ Macedo, Thiago Duarte, Péricles Ianuch, Milena Azevedo, Sara Prado, Marcel Ibaldo e Max Andrade invadem as barreiras do inconsciente para nos trazer aventuras gráficas de fantasia, ficção científica e terror.
Prepare-se para uma viagem sem volta pelo mundo das histórias em quadrinhos. Em um resgate do bom e velho mix de ação e entretenimento, essa série já é reconhecida como um novo espaço para o quadrinho nacional mostrar sua qualidade.
Organizador: Raphael Fernandes 
ISBN: 978-85-8243-115-3 
Gênero: Histórias em quadrinhos de fantasia, ficção científica e terror 
Formato: 17cm x 24cm 
Páginas: 128 
Preço de capa: R$ 29,90
capa-dna-coracao-bx

Ditadura no ar – Coração selvagem, Raphael Fernandes e Rafael Vasconcellos

Em uma São Paulo noir, o amor está enterrado pela crueldade dos homens
Após o desaparecimento de sua namorada Lenina, o fotógrafo Félix Panta entra em uma arriscada investigação para descobrir o que os militares fizeram com a estudante comunista. Músicas de protesto, exilados políticos, reportagens proibidas e o terror das torturas estarão em seu caminho nesse Brasil em que a população alienada encobre a ação de ódio dos que estão no poder.
Ambientada em 1969, depois do famigerado AI-5 e auge da ditadura, a trama noir destas páginas vai te levar para uma época em que era perigoso pensar diferente do governo. Baseada em relatos reais e em uma extensa pesquisa histórica, este quadrinho é uma ficção com os dois pés na dura realidade.
Ditadura no ar – Coração Selvagem reúne as quatro edições da minissérie independente ganhadora do Troféu HQMix, mas com artes e textos revisados. O roteiro policial é de Raphael Fernandes (Apagão) e a belíssima arte é de Rafael Vasconcellos, o Abel (Macbeth). Pode o amor de dois rebeldes vencer o ódio da conservadora ditadura militar brasileira?
Autor: Raphael Fernandes 
Ilustrador: Rafael Vasconcellos 
ISBN: 978-85-8243-180-1 
Gênero: História em quadrinhos, Policial/mistério 
Formato: 17cm x 24cm 
Páginas: 104 coloridas 
Preço de capa: R$ 44,90
segundotempo

Segundo Tempo, Alex Mir e Marcelo Costa

Todo mundo pro vestiário. O verdadeiro jogo está além dos gramados.
Acompanhe o Trinta de Junho, time da primeira divisão do Campeonato Paulista, na sua luta para fugir da zona de rebaixamento e continuar na elite do futebol. A situação é tensa e Telma, a presidente do clube, corre o risco de perder o cargo.
Como última cartada, ela tenta a contratação de Tobias, uma lenda com a bola nos pés, como o novo técnico. Mas Tobias não é mais boleiro há anos e, após um acontecimento trágico, não pretende mais voltar aos gramados. Para complicar ainda mais a situação, um grande investidor internacional quer comprar o time, o que pressiona o grupo a ter bons resultados e garantir a permanência dos anunciantes.
Segundo Tempo, escrito por Alex Mir e desenhado por Marcelo Costa, transporta para os quadrinhos o mundo e os bastidores da paixão nacional de uma forma nunca vista antes. Desde o dia a dia dos atletas até tudo que se passa por trás das quatro linhas. Quando o árbitro apita o fim de jogo, essa é a hora que o verdadeiro futebol entra em campo.
Roteiro: Alex Mir 
Arte: Marcelo Costa 
ISBN: 978-85-8243-153-5 
Gênero: drama, esporte 
Formato: 17cm x 26cm 
Páginas: 56 coloridas 
Preço de capa: R$24,90

domingo, 29 de maio de 2016

Rapunzel & O Reino das Trevas

Olá, povo que lê!!!



Hoje vim aqui contar um causo que resultou numa tremenda e ansiosa descoberta.
Como alguns sabem, estou solteira por um mês, pois meu digníssimo marido está em São Paulo fazendo um curso, porem, ele me trouxe ontem, uma notícia tremenda.
Disse que estava ele, todo feliz, conversando com sua prima, quando descobre que tem um primo de segundo grau professor de língua portuguesa, literatura, escritor, roteirista e que até já foi imortalizado na academia brasileira de letras!!!
"Em? Como assim, digníssimo? E você nem conhecia esse primo?"
A doida aqui, graças as redes sociais, saiu virtualmente correndo atrás do primo autor, e veja só quem eu encontrei, um rapaz extremamente simpático:
Alex de França Aleluia que é professor de Literatura em escolas públicas e particulares, professor universitário e capacitador na área educacional. Já escreveu livros educacionais e obras literárias como “O Aniversário”, publicado anteriormente. É membro da Academia de Letras do Brasil, palestrante cultural para jovens e adolescentes, além de contador de histórias para crianças.
Já grudei na bibliografia do Alex e quero ler todos. O primeiro dos desejos é esse de capa linda. Vocês sabem que sou tendenciosamente favorável as ficções fantásticas, e adoro essa onda de literatura nacional que entrou no gênero, pois é de uma leva muito boa! E o Alex tá no meio, com seu livro que ainda está em pré venda:

 "Rapunzel e o Reino das Trevas":

“Rapunzel, jogue suas tranças!”
Rapunzel é uma criança raptada e condenada a viver por muitos anos em uma grande torre por sua mãe adotiva, uma bruxa de coração gelado. Seu destino trará um príncipe diferente dos contos de fadas, mas esse encontro desencadeará uma guerra ameaçando o Reino de Zafon.
Em meio à mistérios sobre sua origem, Rapunzel terá de desvendar seu verdadeiro passado e vencer a Rainha de Zafon se quiser salvar seu reino.

Gostou? Eu adorei essa sinopse. Já está a venda pelo site da Editora Crown.  Assim que chegar o meu e lê-lo faço meus comentários de leituras. Ansiosa, ansiosa, ansiosa!!!

Boas Leituras!

quarta-feira, 4 de maio de 2016

Carlos Leonel, poeta piracaiense

Boa tarde, povo!

Hoje arranjei um tempo no meio da correria de final de bimestre para vir falar do estreitamento de amizade que tive com uma pessoa que admiro muito: Carlos Leonel, mais conhecido como Carlão.
Eu e o Carlão começamos a ter mais contato graças ao conselho de cultura aqui de Piracaia, ao qual fazemos parte e por isso, começamos a trocar textos nossos para que um possa comentar e palpitar na escrita do outro. Ele já escreve há mais de 20 anos, mas ainda não publicou não, mesmo já tendo um compilado para mais de 3 livros. Agora está escrevendo para publicar pelo Clube do autor, e eu, estou aqui, torcendo para ele e esperando sair o livro pra eu levar pra ele autografar!
É com muito orgulho que trago hoje aqui, duas poesias desse querido poeta, Carlos Leonel.

Acaso

Certa vez a encontrei
Por um acaso minha querida
Tu estavas tão amarga
E tua alma tão ferida

Com palavras me envolvia
Eu senti muita emoção
Tão grande era seu sofrimento
Que abalou meu coração

Fiquei ouvindo calado
E um tanto aprrensivo
Por ouvir com atenção
Fui ficando mais contigo

E num gesto de carinho
Muito, muito emocionado
Em seus lábios tão divinos
Dei-lhe um beijo apaixonado

Pois você me convenceu
Que um ser não vive só
Que o amor resiste a tudo
Mesmo quando vira pó.
_________________________________________

Alucinação

Com seu brilho e sua luz
Fiquei perdido no ar
Sem saber o que fazer
Tentava eu raciocinar

Nem rédeas e nem freios
Neste sonho alucinado
Que eu tinha como meios
Mas fiquei apavorado

Com a mente perturbada
Sua via tua imagem
Enroscada no meu corpo
Que esplendida miragem

Tudo aquilo que sentia
Parecia não ter fim
Era tudo o que queria
Ter você dentro de mim.

Sem ter como escapar
Pois prudente minha alma
Só me resta implorar
que libertes minha calma

De repente num estalo
Fato estranho ocorreu
Este sonho foi pro ralo
Nada disso aconteceu
(05/02/09)

Boas Leituras!



sábado, 2 de abril de 2016

Leituras de Fevereiro e Março / 2016

Gente, não é que não li nada em fevereiro, é economia de postagem, tá? (que desculpinha bem esfarrapada, não?) 
Como não coloquei os livros de fevereiro - na verdade esses dois últimos meses o coitadinho do blog ficou as traças - vou fazer hoje uma postagem dupla, dos dois meses de leitura. Espero que me perdoem. Bom, chega de mimimi e vamos aos livros:

FEVEREIRO

Esses foram todos os livros que li em fevereiro pela ordem de leitura:

Crianças de 24 quilates. Dra. Judy Goldstein e Sebastian Stuart. Editora Record. 334 páginas. (Livro de amorzinho - ADORO - mas tenho que admitir que é bastante fútil, principalmente devido o cenário das personagens e as características de cada uma).

O Clube do Tricô.  Kate Jacobs. Editora Amarilys. 439 páginas. (Outro livro de amorzinho e por coincidência tem o mesmo cenário do livro anterior, porem com uma trama muito mais intensa. Confesso que chorei no final e sofri de ressaca por uns 3 dias)

Muito mais que uma princesa. Laura Lee Guhrke. Editora Essência. 341 páginas. (Só pela capa já dá pra saber que é outro livro de amorzinho - desculpa, gente, mas fevereiro é férias - mas esse tem umas cenas bem quentes no final. Legalzinho).

Dezesseis Luas. Kami Garcia e Margaret Stohl. Editora Galera. 485 páginas. (Esse livro é empréstimo de um ex aluno meu, que faz parte do Café Literário. Peguei-o porque havia assistido ao filme e gostado, mas não sei porque, acho que esperava mais do livro. Esse negócio de assistir primeiro ao filme e depois ler o livro é uma droga... não sei se quero ler o resto da saga... )

Clube da Luta. Chuck Palahniuk. Editora Leya.  270 páginas. (Outro livro emprestado por uma ex aluna que também faz parte do grupo do Café Literário. Peguei-o para ler porque a capa me enganou: achei que era livro de amorzinho. Que nada, livro de homenzinho total: no começo eu achei uma chatisse, não desenrolava a leitura, mas do clímax pro final, só levei soco na cara! Foi de longe o livro mais surpreendente que li no mês)


MARÇO

Como me livrar de Matthew. Jane Fallon. Editora Record. 398 páginas. (Adivinha que tipo de livro que é: de amorzinho! Na pegada do Diário de Bridgith Jones, mas não tão bom quanto)

A Literatura como código gráfico. Angelo Mazzuchelli Garcia. Editora C/ Arte. 175 páginas. (Livro tese, que conta a história da literatura como código. Cheio de fotos, imagens e ilustrações. Maravilhoso! Já usei até em sala de aula!)

Fazendo meu filme 2: Fani na terra da rainha. Paula Pimenta. Editora Gutemberg. 327 páginas. (Mais um empréstimo, dessa vez da Ju, que também faz parte do Café Literário. Li o 1 livro no ano passado e não poderia deixar de continuar a ler a série. É uma leitura de dois dias. Adoro a forma dinâmica que a autora escreve e acerta em cheio a molecada. Quando crescer quero ser como ela! :D)

CONCLUSÕES:

1869 páginas em fevereiro e 900 em março, totalizando 2769 páginas. Conclusão difícil: Leio muito mais quando estou de férias! :P
Outra conclusão difícil: a lista de espera de leituras é muito maior do que a lista dos livros que li (num próximo momento mostro minha meta do ano do Skoob.
Última conclusão: Chega de escrever e vamos voltar pro livro, se não abril já começa mal!

Boas Leituras!

Recanto dos Leitores Escritores

Olá, povo que lê!

Como sempre, estou virada nos agitos, sem tempo de respirar. Entre os agitos, o grupo Recanto dos Leitores Escritores. Esse grupo é composto por várias pessoas que, em língua portuguesa, gostam de escrever. Ninguém é profissional, mas todos são apaixonados pelo ato de escrever e de ler, e claro que fui atraída por eles (parece que tenho um ímã pra esse tipo de gente boa). Conheci gente do Brasil todo, e tem galera até de Angola! O grupo funcionará com um tema mensal para escrita, e o primeiro tema é "Porque escrevo". Os textos serão publicados lá no grupo do face, mas também vou registrar os meus aqui sempre que for possível. Então, lá vai meu primeiro texto:

Escrever

                Minha carne é de pedra, meus ossos são de aço, meu sangue, eletricidade. Não sou um herói de ficção. Apenas me metamorfoseio todas as noites, para que no próximo amanhecer, a sobrevivência se faça.
                Os nervos doem. A vida mata.
Mas há a esperança de que nada mais é que pó de felicidade que a vida sopra antes da morte. Esta felicidade chama-se Literatura.
Tanto a que recebemos quanto a que escorre de dentro de nós.
É um ato de sobrevivência ficcionar em fluídos sanguíneos letras que transbordam da esferográfica.
É respirar a fumaça intensa dos sonhos utópicos daquilo que não há.
Acreditar que amor e dor não são elementos de uma guerra maniqueísta, mas único rei governante de um penar.
É causar a explosão neurônica de filosofias impalpáveis.
É pulsar eletricamente o aço, para que faça movimentar a pedra em direção a morte que é viver.

O escrever é o único indivíduo que tem piedade do escritor ao matá-lo dando vida à literatura.


Boas Leituras!

quarta-feira, 2 de março de 2016

E assim se fez... (Poesia)

Oi, povo!

Sabe, sempre que proponho uma atividade de produção de texto em sala de aula, também produzo um texto do mesmo tema ao mesmo tempo que os alunos, mesmo porque acabo observando se o que foi proposto é possível ser concretizado, além do que é uma boa desculpa para escrever.
Tendo isso em vista, hoje achei no meio dos meus papéis da escola, um texto poético de uma proposta de produção textual que fiz há tempo atrás. Resolvi compartilhá-lo.

E assim se faz...

Não sei se eu estava lá
Quando tudo se fez...
Água...
Mar...
Sal...
Vento...
Areia...
Sol...
Vida...

Quem sabe eu já era um pedaço de concha
Quebrada

E hoje sinto a vida pulsar
No meu coração de ondas de vento,
Em ritmo descompassado,
E melodia desconhecida,
Com destino de quebrar na dureza de seus olhos
Frios.
Distantes.

Apenas a sensualidade
Do explodir da onda de nossas vidas
Poderá salvar os sentimentos
Que sofrem em nossa canção íntima.

(28/11/2014)

Espero que tenham gostando.
Bjks e Boas Leituras!


segunda-feira, 29 de fevereiro de 2016

Concurso Internacional de Cartas 2016

Oie, povo!

Se você ainda tem 14 anos ou conhece alguém que escreve bem pra caramba que tenha esta idade, vou dar uma super dica:

Concurso Internacional de Cartas 2016

O tema desse ano é bem legal:
- Você tem que escrever uma carta argumentativa para você mesmo quando tiver 45 anos.
- Não pode sitar situações específicas do nosso país.
- O número máximo é de 900 palavras.

Para participar você deve estar matriculado em uma escola, portanto, fale com seu professor de língua portuguesa. Outros regulamentos, acesse o site dos Correios .

O vencedor de nível estadual ganha R$1000,00; o de nível nacional, R$5000,00 e o de nível mundial, vai para a Europa concorrer medalha de ouro, prata e bronze.

Curtiu? Então bora escrever! Mesmo que você já seja um cavalão com mais de 15 anos, como é meu caso, vale a pena tentar, pois o tema é bem legal!
Vamos fazer assim: Se você tem mais de 15 anos mas quer escrever, mande a sua carta pra mim até o prazo determinado pelo concurso, que eu vou ler junto com outros professores de português e elencar a melhor carta, a qual divulgarei aqui no blog. O que acham? Quem quiser me mandar as cartas, deixe um comentário aí embaixo que entro em contato com você ;)
Então, mão na massa, ou melhor, mão na caneta!


Bjks e Boas Leituras!