"Toda memória de um homem é sua literatura particular"

terça-feira, 26 de maio de 2015

Amizade

Amizade

Não estar só,
Tristeza vira pó.
Juntos num instante
Mesmo tão distantes.

Eterna verdade
Que nunca se desfaz;
Plena felicidade
Que a existência satisfaz.

(13/05/2015)

Nenhum comentário:

Postar um comentário