"Toda memória de um homem é sua literatura particular"

sábado, 20 de junho de 2015

"Agora aqui ninguém precisa de si" Arnaldo Antunes

Arnaldo Antunes. Pra mim esse nome já basta.
Há quase 30 anos atrás, eu crescia escutando "Comida", ou "Bichos Escrotos" do Titãs. Não entendia muito bem aquele monte de substantivos e imagens tão sonoras, mas ADORAVA!
No início da minha carreira, exatamente em 1997, conheci, pela primeira vez, um livro de Arnaldo Antunes, que diga-se de passagem, já tinha 5 nos de publicação "As coisas". E depois disso... apaixonei-me!
O concretismo, a sonoridade, as artes visuais, tudo. Arnaldo Antunes, no meu ponto de vista, é, atualmente, um dos artistas mais completos, criativos e originais que temos no meio artístico.
No último dia dos namorados (12 de junho de 2015), houve a estreia de seu novo trabalho literário "Agora aqui ninguém precisa de si" pela Companhia das Letras. Ainda não o li, mas já está na minha lista de MUITO desejados.




Pra quem quer conhecer um pouco mais sobre Arnaldo Antunes e sua obra, visite os sites abaixo.

Boas Leituras!

http://www.companhiadasletras.com.br/detalhe.php?codigo=13965

http://www.arnaldoantunes.com.br/new/

http://www.vagalume.com.br/titas/discografia/cabeca-dinossauro.html

Um comentário: