"Toda memória de um homem é sua literatura particular"

terça-feira, 9 de junho de 2015

Grafite: O texto iconográfico!

Como alguns sabem, nasci e fui criada em São Paulo e "fugi" para a tranquilidade do interior para não ser mais tão assaltada e nem passar metade do meu dia dentro de um carro.
Mesmo assim, a megalópole, muitas vezes, ainda me causa admirações positivas, e por isso, quando ando pelas ruas da mesma, consigo apreciar as transmutações textualmente artísitcas dos grandes muros da cidade.
Um caminho muito frequente que faço é Avenida Tiradentes, 23 de Maio e Washingtom Luís.
Propositalmente, os artistas sabem que nós, reles mortais condutores de carros, ficamos horas parados por essas vias, e por pura caridade mental, nos privilegiam com tais murais, já que, creio eu, eles não ganhem nada dos órgãos públicos ou particulares para pintar viadutos e muros de jardins. Posso estar errada, mas esse tipo de arte, até onde eu sei, existe por mera expressão e deleite artístico, portanto, leiamos um pouco desses textos paulistas tão coloridos e expressivos, os quais admiro tanto.















Boa Leitura!
# grafite  #literatura #arte

5 comentários:

  1. Esqueceu de falar que eu fico tirando foto, quando vamos para São Paulo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É verdade! Crédito das fotos feitas no carro em andamento by Alexandre Leozípio dos Santos Sanchez. Obrigada, meu fotógrafo favorito!

      Excluir
  2. Muito bacana! Faltou a foto do grafite do Chaves na Zona Sul! Rsrs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Em breve farei uma postagem sobre esse grafite da zona sul.

      Obrigado pela visita ;)

      Excluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir