"Toda memória de um homem é sua literatura particular"

sábado, 6 de junho de 2015

Microcontos: A literatura na agilidade do twitter.

Vivemos num mundo onde as comunicações rápidas se fazem a qualquer momento e em qualquer lugar. Todos sabem onde você está e o que você está fazendo neste exato momento. Mas ao mesmo tempo, há quanto tempo você não senta para um café longo com uma boa conversa ao pé do fogão?
Na velocidade do twitter, escuto muito a pergunta:
"Mas como você consegue ler tanto? Eu não tenho tempo para ler!"
Não há mistério, eu arranjo o tempo da leitura:
Primeiramente, levo meu livro de leitura atual para todos os cantos que vou - vai que tem uma fila de espera onde eu possa ler, né?
Depois, na escola onde dou aula, sempre deixo uma leitura fácil a disposição, como um livro de poesias, por exemplo.
O livro de leitura mais complexa deixo na cabeceira da cama com um lápis para marcar as partes mais intrínsecas.
Mas se mesmo assim, você não conseguirá um tempo para ler, que tal entranhar-se no mundo dos micro contos?
O micro conto é um gênero que já era escrito por Allan Poe, mas que atualmente, nesse mundo de comunicação por 140 twitters está muito em alta.
Que tal conhecer um pouco mais sobre esse gênero lendo alguns micro contos?

“Quando acordou o dinossauro ainda estava lá.”
(Augusto Monterroso)

“70 anos, algumas lágrimas, orelhas peludas.”
(Bill Querengesser)


“Uma vida inteira pela frente. O tiro veio por trás.”
(Cíntia Moscovich)


“A velha insônia tossiu três da manhã.”
(Dalton Trevisan)


“Uma gaiola saiu à procura de um pássaro.”
(Franz Kafka)


“O homem estava invisível, mas ninguém percebeu.”
(José María Merino)


Gostou? Então que tal passear por outros sites e conhecer mais sobre esse gênero?

http://microcontos.com.br/

Boa leitura!

2 comentários:

  1. Poxa, eu estava ontem mesmo procurando alguns contos para ler! Obrigada pelas indicações. Ah, e a gente sempre arranja tempo pra fazer aquilo que gosta, o que está faltando no mundo não é tempo, e sim pessoas apaixonadas pela literatura :)

    www.naestradadafantasia.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Marina, concordo plenamente com vc e acho que somos grandes semeadoras literárias e os micro contos são sementinhas valiosas! Obrigada e bjks! Boas leituras!

      Excluir