"Toda memória de um homem é sua literatura particular"

sexta-feira, 14 de agosto de 2015

Dia dos pais folclórico

Neste domingo resolvemos ficar só entre nós (eu, marido e filhos).
Pra aproveitarmos o Dia dos Pais, fomos até a Pedra Grande, em Atibaia, um lugar maravilhoso e inspirador.
Na volta, resolvemos passar em Bom Jesus dos Perdões para tomarmos um sorvete e, para nossa surpresa, a cidade estava em aniversário, e com uma super festança, com barracas de pernil, pamonha, tapioca, caldo, vinho quente, quentão, caldo de cana, artesanato... Afff... o sorvete rendeu....
Quando chegamos à praça central, meu coração começou a tamborilar como um bumbo! Meus olhos se encheram de lágrimas. Não adianta, essas manifestações me emocionam até o pâncreas... Entravam em desfile pela praça central quatro congadas da região.
Lógico que paramos para assisti-las!

Para quem não sabe, Congada é uma manifestação cultural onde um grupo de pessoas representa a festa ou a batalha do casamento do rei e da rainha do Congo. Mas o mais interessante é que essa manifestação se dá, geralmente quando há a comemoração de Nossa Senhora do Rosário, uma santa católica. Tambores e dança com representação de lutas de espadas desfilam em fila dupla e atrás ou na frente, os tambores fazem o ritmo da marcha.
Podem me achar uma tonta, mas me emociono demais com os sincretismos de nossa cultura.
Nosso Dia dos Pais não poderia ser melhor, e de quebra, tive material para dia 22, quando comemoramos nosso Folclore nacional!
Pra quem quer saber um pouco mais sobre a etimologia da palavra congada ou suas origens e manifestações, pode ler essa monografia maravilhosa do Ricardo Moreno de Melo.
http://br.monografias.com/trabalhos/sambas-e-congadas/sambas-e-congadas.shtml

Boas Leituras!

2 comentários:

  1. Oi Fabi,
    Que vista linda!
    Uma distração da correria do dia, é sempre bem vinda :D

    bjs e tenha um ótimo final de semana
    Nana - Obsession Valley

    ResponderExcluir