"Toda memória de um homem é sua literatura particular"

quarta-feira, 15 de novembro de 2017

Chick lit: livros de amorzinho

Olá, povo que lê!

Primeiramente, desculpem-me pelo atraso da postagem, mas é que ontem foi uma correria só, mas hoje já estou aqui com uma recomendação literária fresquinha pra vocês.
Mas antes da recomendação, deixe-me falar um pouco sobre o título da postagem: "Chick Lit". Conheci esse termo quando eu conversava sobre "O diário de Bridget Jones" com minha amiga Leila - coautora aqui do blog -, dizendo que eu gostava muito do livro e de outros romances que seguiam essa mesma linhagem, e foi então que ela me disse que esses livros são do novo gênero literário "Chick Lit"- segundo minha amiga Cris Oliveira, poliglota e tradutora, Chick (mina, na gíria) e lit  (abreviação de literature) - nada mais é do que romances românticos onde protagonistas mostram nuances da vida da mulher atual, com destaque para seu lado profissional, familiar, aspectos emocionais, psicológicos e sociais, mas principalmente, as aventuras e desventuras amorosas do mundo feminino. 
Gente, sei que livros como esses sofrem um preconceito tamanho, e sei também que muitos são mal escritos, mas calma aí, dá licença de eu me divertir lendo sobre mulheres as quais me identifico e que geralmente têm um final feliz? Ok, obrigada por me darem licença, senhores críticos... E viva as novas autoras do gênero! Como muitos de vocês sabem, odeio estrangeirismos em nossa língua que já é tão complexa e rica, apesar do gênero ter surgido em terras de língua inglesa,  no livro "Fazendo meu filme 1", a autora Paula Pimenta diz que sua protagonista de seu livro gosta de "filmes de amorzinho", então vou adotar esse termo para classificar esse novo gênero literário. Portanto, hoje, indicarei a vocês, alguns "livros de amorzinho".
Esse ano ganhei dois box do meu digníssimo marido. Ele sabe o tipo de livro que gosto, e sabe que amo quando me dá livros, mas tenho certeza que uma das maiores razões para ter comprado foi o preço. Ele pegou uma promoção nas Americanas! :D Seu método de compras literárias é o seguinte: tá barato, então beleza! Ele não é um cara que vai pela sinopse do livro, portanto, minha gente, antes que vocês pensem bobagem, ele não comprou com segundas intenções, comprou apenas para me deixar feliz com pouco dinheiro!
Enfim, o primeiro box é da Nora Roberts "Quarteto de noivas". Há uns 10 anos atrás, li meu primeiro livro da Nora : Lua de sangue. Gente, amei!!! Inclusive também tem o filme. Super recomendo. Mas hoje vim mostrar mesmo é esse box super fofo, formado por quatro livros. Cada livro conta sobre a história de uma das meninas que juntas formam uma sociedade que produz festas de casamento. O primeiro livro, "Álbum de casamento",  fala sobre a fotógrafa; o segundo, "Mar de rosas", sobre a florista; o terceiro, "Bem-casados", sobre a doceira e o último, "Felizes para sempre", sobre a administradora/relações públicas da empresa. O legal, além de ver o desenvolvimento do enredo de cada uma das protagonistas, é perceber como a autora vai costurando os enredos. 1168 páginas que te deixam com gosto de quero mais ao chegar ao fim da saga. Além disso, essa edição da arqueiro tem páginas amareladas e letras grandes e espaçadas, ou seja agilidade na leitura é algo certo.
O segundo box é "De repente", da Susan Fox. Confesso que esse box não me chamava a atenção. Meu digníssimo comprou-o por conta e risco e os livros ficaram na estante um tempão me olhando e falando: "e aí? vai adiar minha leitura até quando?" Até que mês passado não aguentei tanta audácia e peguei o box para lê-lo. Também é composto por 4 livros, mas agora as protagonistas são 4 irmãs, onde cada livro fala sobre uma das irmãs viajando para a terra natal organizar o casamento da caçula. Ui, preparem-se, pois esse box é quente... nele tem de kama sutra a encontros românticos em praias. O legal é que as 3 irmãs mais velhas, super mal resolvidas amorosamente, conseguem, na viagem (inclusive cada uma faz essa viagem num meio de transporte diferente), encontrar um bom par, enquanto a irmã mais nova que aguarda as mais velhas para assistirem ao seu casamento e que namora com o mesmo carinha desde sempre, está super infeliz amorosamente e, durante o último livro, tenta reencontrar o novo no que já sempre existiu. As 1510 páginas também são super rápidas de ler, quentes e divertidas.
Pois então, ficam aí minhas dicas das leituras de alguns "livros de amorzinho" que li esse ano. Espero que gostem,  e se não gostarem, também não tem problema, deixe sua opinião aí pra eu saber se compactuamos com a mesma opinião.
Bjks e Boas Leituras!
Fabi

Quarteto de noivas
Nora Roberts
Editora Arqueiro

Saga De Repente
Susan Fox
Editora Única

Nenhum comentário:

Postar um comentário