quarta-feira, 18 de abril de 2018

Epístola, cartas, correspondência...


Resultado de imagem para Imagens de cartas

Gente, desculpem-me, mas hoje vim falar de algo suuuuuper fora de moda a qual eu ADORO!

Epístola, correspondência, missiva, bilhete, carta...

Tá bom, eu sou antiga mesmo, fiz 40 esse ano (ops, isso acho que eu não precisava ter falado), mas na minha infância eu lia “Turma da Mônica” e me correspondia com outras crianças na coluna de correspondentes que tinha na parte de passatempo. Além disso, escrevia para o meu avô paterno que morava em Peruíbe-SP. Meus pais e avós maternos, quinzenalmente, recebiam correspondência dos parentes espanhóis. Esperar o carteiro era algo que dava um comichão por dentro, uma ansiedade tremenda, e ver o envelope na caixinha do correio endereçado ao seu nome, dava a sensação de frio na barriga como despencar de uma montanha russa (hoje o carteiro só traz boletos, que decepção).
Vivi no meio das cartas, por isso sempre as  adorei!
Mas daí o uso do telefone começou a se tornar algo regular e meu avô começou a ligar para meus pais e me mandar beijos por recado (porque afinal de contas, telefone não era coisa de criança). Na adolescência comecei a ter liberdade com o telefone e na faculdade começou a era da internet, a qual tínhamos que esperar virar a 0h. para pagar um único pulso durante toda a madrugada (usar a internet pelo dia era coisa pra rico), e os primeiros celulares eram um luxo digital. Hoje, os telefones são quase parte do nosso corpo conectado instantaneamente com tudo e todos. A maioria das pessoas não sabe mais como preencher um envelope ou qual é a função do selo (gente, eu coleciono selos, ah, e também coleciono papéis de carta desde a adolescência).
E daí lhes pergunto: E as cartas? Onde ficaram nessa história? E eu lhes respondo: Nas páginas dos livros e na memória daqueles acima dos 40 anos. Vide como está a situação atual dos correios: em frangalhos!
Mas antes de falar sobre os correios, estou aqui para revelar mais uma coisa a vocês: Eu ainda escrevo cartas!!! E as recebo também!!!!
Sim, gente, as cartas ainda existem! Escrevo para amigos que hoje estão morando longe, escrevo para amigos virtuais, para trocar livros, escrevo para meus filhos e marido e entrego estas cartinhas em mãos e também faço parte de um círculo de mulheres de todo o Brasil apaixonadas por romances de época e que se correspondem (O "Carta das Ladies", aliás, um grande beijo a todas vocês, meninas. Vocês são um espetáculo!), assim como as mocinhas desses romances faziam com seus grandes heróis. Inclusive, vou aproveitar para deixar a dica de um livro de uma série que amo “Os Bridgertons” da Julia Quinn, mas em especial, o livro número 5, “Para Sr. Phillip, com carinho”, onde a protagonista, uma das irmãs Bridgertons, Eloíse, conhece seu amado através de cartas. Não preciso dizer que me apaixonei por esse enredo, né?

Resultado de imagem para julia quinn os bridgertons

E pensando nisso, tive aqui com meus botões, uma ideia: Você que, como eu é um romântico e gosta de escrever cartas, ou que nunca escreveu/recebeu e quer sentir a sensação  de se corresponder com alguém, o que acha de formarmos um círculo de correspondentes? Tá gente, eu sei que os Correios estão indo a falência, num rumo sem volta para a privatização, mas sejamos utópicos, vamos nos corresponder! Vai funcionar assim, se você se interessar, deixe   aqui abaixo nos comentários o seu interesse e um dos meios para que eu possa entrar em contato contigo (facebook, email, skoob, instagran, whatsapp). Farei uma lista de endereço dos correspondentes, a qual sempre será atualizada, e divulgada apenas entre nós, correspondentes.
Vamos lá pessoal, ânimo! Vocês vão perceber o quão empolgante é a troca de cartas.
Espero seu comentário!
Bjks e Boas Leituras!
Fabi

7 comentários:

  1. Que beleza! Você arrasou,amoreca.bjs

    ResponderExcluir
  2. Quero participar😊😊
    Post nota 1000!
    Bjao

    ResponderExcluir
  3. Que lindo amei e amo nosso grupo��������

    ResponderExcluir
  4. Obrigada, meninas! Logo escrevo pra vocês contando as news!

    ResponderExcluir
  5. Fabi!
    Que delicia. Eu tb me correspondia com leitores de revista de cinema!! Ha uns boooons anos atrás. Era uma época muito boa. Olha a nostalgia aí :) Ah, em breve chegará uma cartinha (e algo mais) pra vc. Bjão

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Lu!

      Estou colocando sua cartinha no correio hoje também!

      Bjks e Boas Leituras!

      Excluir