terça-feira, 11 de setembro de 2018

Leituras de Inverno


Olá, povo que lê!

Pois é, o tempo está passando rapidamente, e quando me debruço sobre as leituras, parece que entro num mundo paralelo à realidade e vivo de forma atemporal. Porém, esta, provavelmente, será minha última postagem antes que termine o inverno de 2018 e por esta razão, resolvi dedicá-la às minhas leituras de inverno, afinal de contas, friozinho, edredom, café, uma boa companhia de um livro são essenciais nessa época do ano, pois, ao menos para mim, me dão aquela sensação de aconchego e segurança. Então vamos parar de enrolar e vamos a eles: OS LIDOS NO INVERNO DE 2018!




Esses livros da foto acima, na verdade, são os livros que li na MICALI (que foi a Maratona de Inverno do Café Literário, caso você não tenha ficado sabendo, clica em MICALI pra saber como foi), mas na verdade, comecei o inverno lendo o último livro da saga dos Bridgertons.

Resultado de imagem para E viveram felizes para sempre
Pois é, para a minha tristeza, terminou a saga da minha família queridinha criada por Julia Quinn. Esse livro é um apanhado de prólogos de cada um dos livros da saga. Se estiver com vontade de lê-lo, aconselho a ler cada prólogo em seguida à leitura do livro referente. Mas enfim, ao menos a coleção está completa (em rumo a completar toda a coleção da autora, agora! Uhuuuu!).
Julia Quinn
E viveram felizes para Sempre
Arqueiro
256ps.
Resultado de imagem para amar se aprende amando
Com um início de inverno fofo desse, fica difícil manter a qualidade das leituras, então resolvi apelar pra um dos amores da minha vida: Carlos Drummond de Andrade. Sempre falo pro Alexandre " Meu amor, a sua sorte é que o Drummond morreu antes que eu soubesse o que era amor, mas fique esperto, pois o Arnaldo Antunes ainda está vivo". Piadinhas a parte, como vocês sabem muito bem, não sou de fazer resenhas, acho-as sérias demais, mas se você quer saber porque eu amo esse cara, vou ser legar e deixar o link do pdf das primeiras páginas da edição da Companhia das Letras aqui só pra você ter um gostinho (e olha que nem estou ganhando jabá por isso, em?)do Amar se aprende amando .
Carlos Drummond de Andrade
Amar se aprende Amando
Record
176ps.

Resultado de imagem para a sexta mulherDepois disso, comecei um livro que adquiri na troca do Skoob que super me impressionou positivamente. Um romance bem amarrado entre ficção e história real medieval. Terminei de queixo caído.
Suzannah Dunn
A sexta mulher
Record
308ps.

Resultado de imagem para em nome da Rosa livroAinda antes de começar a Maratona, mesmo porque eu ainda nem sabia que ela iria acontecer, comecei a ler Em nome da Rosa. Genteeeeee!!!! Nunca tinha lido Umberto Eco!!!! Que sensacional! Estou amando! Sim, digo no gerúndio porque ainda não o terminei, parei na página 247, tive que parar devido a Maratona Literária, mas ele está ali, ao lado da minha cabeceira, me aguardando para o nosso reencontro, ansiosamente. Assim que eu o terminar, pretendo fazer uma resenha do mesmo. Esse merece ser estudado!
Umberto Eco
Em nome da Rosa
Record
247/573 ps.

E depois disso, parei de vivr no mundo real e comecei a viver a MICALI. kkkk! Não vou comentar sobre eles, apenas vou numerá-los aqui em ordem de leitura, todos estão na foto de apresentação do post:

1. Clarice Lispector
A hora da estrela
Rocco
87ps.

2. Alex Bitten
188ps.

3. Thúlio Phelipe
Três Luas
Clube de autores
152 ps.

4. Anton Tchekhov
O professor de letras in.: O assassinato e outras histórias
Cosacnaif
49/276 ps.

5. Debbie Macomber
Um bom tricô - quatro vidas que se entrelaçam em um só coração
Harlequin Books
413 ps.

6. Justine Larbalestier
A filha da Magia
Galera Record
333ps.

7. Maurício e Souza
Chico Bento Moço: O casamento do Chico Bento
Panini Comics
98 ps.
8. Christophe Gaultier
Robinson Crusoé
Salamandra
142 ps.

9. Pablo Neruda
Neruda para Jovens
José Olympio
156 ps.

10. Manuel de Oliveira Paiva
Nem um Pingo D´água in.: Com palmos medida: Terra, trabalho e conflito na literatura brasileira.
Boitempo Editorial
4/415 ps.

11. John Irving
Viúva por um ano.
Record
392/544 ps

12. Martha Medeiros
Cartas Extraviadas
L&PM Pocket
144 ps.

E finda-se o inverno, junto com ele a MICALI e 3.145 páginas de companhia. Tenho que afirmar que algumas companhias foram melhores que outras, mas enfim, nunca sozinha! Se você se interessou por algum dos livros que li no inverno, entra aqui na Amazon pra ler também.
Espero que seu inverno tenha sido tão feliz quanto o meu. Conte pra gente o que você leu e se quiser, pode acompanhar minhas leituras e das outras blogueiras nos nossos instagrans

@fabipsanchez78
@tworeadergirls
@leilabookcoock
@literandoo

Bjks e Boas leituras!

Fabi

Nenhum comentário:

Postar um comentário