terça-feira, 31 de dezembro de 2019

A passagem de 2019 sob o olhar do Língua e Literatura

Olá pessoal! Como vocês têm passado?
Espero que estejam todos bem!
Chegou o último mês do ano e com ele resolvemos fazer uma retrospectiva!!!
Só nesse ano publicamos 58 posts sendo o segundo ano mais produtivo do Língua e Literatura desde 2015, o mês de Janeiro e Julho foram os que mais saíram posts.

Analisamos tudo o que dedicamos tempo e empenho para escrever e estamos aqui para compartilhar com vocês qual foi a nossa melhor postagem e o porquê.
Em todas as postagens que fazemos, procuramos nos dedicar ao máximo para trazer para vocês leituras interessantes e com alguma informação que possa agregar algo novo.

Cris:


Elegi a minha postagem feita no dia 15 de fevereiro, sobre a literatura surda, como a que mais me deu satisfação em desenvolvê-la.


-> Reveja aqui o post:




Certa vez, a experiência que tive vendo um cabeleireiro atender clientes surdos me fez querer buscar mais informação sobre o que havia disponível para o público que possui algum tipo de deficiência auditiva.
Eis que minha curiosidade me levou até a área da leitura e fiquei bem satisfeita em ver que o acesso ao mundo literário está se tornando cada dia mais real para esse público.


Quanto mais se faz pela inclusão, mais qualidade de vida disponibilizamos para mais pessoas. E isso é algo transformador!
A literatura deve ser abrangente e abrir, cada vez mais, portas para que as oportunidades cheguem a todos. 


Leila:

A postagem que mais amei escrever foi ao ar em 7 de maio sobre escrita e inspiração.
Adoro escrever, e gosto ainda mais de falar sobre o processo. Nesse ano as meninas me apresentaram o Brainstorming (Tempestade de ideias), achei tão legal que levo pra vida.
Ter ideias e falar sobre elas é sensacional, ainda mais pra mim que sou uma escritora escondida muitas vezes com medo das palavras.

-> Reveja aqui o post:

https://www.linguaeliteratura.com.br/2019/05/escrever-e-viver-por-leila-jacob.html

A vida da gente é uma caixinha de surpresas, você pode fazer um planejamento de anos e anos e ele ir por terra ou você pode ter algo planejado pra ontem e dar certo.
Escrever e viver é um texto que ainda é bem fresquinho na minha memoria pois sou uma personagem sonhadora da minha historia.
Eu tenho muitas inspirações se for pra contar todas eu listarei por horas, mais umas das maiores sou eu mesma.
Que a escrita e a leitura continuem sendo divisores de água em muitas vidas.

Lusia:

Gostei demais dessa postagem de abril de 2019.
Já li vários livros que se utilizam de panelas e temperos para construir suas estórias mas esse ganhou meu coração de vez.

https://www.linguaeliteratura.com.br/2019/04/confort-book-livro-que-aquece-o-coracao.html

A "culpada" por me inserir na literatura gastronômica foi nossa querida Fabi aqui do blog.
E "Como Água para Chocolate" vai além das panelas e temperos. Tem uma doçura e picancia muito peculiares. Não adianta muito falar sobre, pois tudo será pequeno diante dessa obra. Leiam e deleitem-se






terça-feira, 19 de novembro de 2019

Ansiedade e literatura

Olá, povo que lê!!!

Nossa, parece que faz um ano que não escrevo aqui no blog, na verdade parece que faz um ano que não escrevo qualquer coisa... Minha vida está tão de cabeça pra baixo que não consigo me dedicar à literatura, isso acontece com vocês?


terça-feira, 12 de novembro de 2019

Ler ou comer? Por que não os dois?/ por Cristiane Oliveira


Minha gente! 
E não é que chegou o mês de um dos feriados mais aguardados no lado norte do mapa?

Pois é… Dia de ação de graças é aquele feriadão prolongado que proporciona não só encontros familiares, mas muita, muuuuuuitaaaaaa comilança.

terça-feira, 5 de novembro de 2019

O poder feminino na literatura - Lu Rabello



Em uma era em que se fala tanto sobre feminismo, vim trazer algumas de minhas personagens femininas mais queridas. Mulheres tão diferentes mas que nunca perderam a esperança por tempos melhores e principalmente, nunca perderam sua doçura
E notem que quase todos os livros também foram escritos por mulheres. Confira




quinta-feira, 31 de outubro de 2019

Machado de Assis e o terror - Lu Rabello

Nesse mês de outubro, nos dedicamos a fazer uma pequena homenagem ao querido Machado de Assis e hoje ao comemorar o Halloween, vim rapidamente trazer 2 contos do Bruxo do Cosme Velho.






"Mas o que ele tem a ver com essa data?" Você deve estar se perguntando. Sabia que Machado também escreveu terror? Pois é, eu também me surpreendi.
Sem enrolação, irei deixar os links para vocês lerem as duas estórias assustadoras que o maior escritor brasileiro deixou:


e



Só posso dizer que Machadinho era cruel quando queria...

É só clicar nos nomes acima.

Divirtam-se e feliz dia das bruxas!


Siga-nos no Instagram

@tworeadergirls

@fabipsanchez78

@cristianeolis78

@culinariaehorta

@leilabookcook 

terça-feira, 22 de outubro de 2019

Um apólogo



Outubro está chegando ao fim e com ele também terminamos a homenagem ao nosso escritor crush aqui do Língua e Literatura: Machado de Assis.
Para fechar com chave de ouro, quis trazer um conto super curto, divertido e atual para lermos e fazermos uma breve análise, só pra terminar de convencer você, meu caro leitor, de que ler clássicos não tem nada de chato. Trouxe pra leitura hoje o conto:

Resultado de imagem para um apólogo



terça-feira, 15 de outubro de 2019

A fase romântica de Machado - Helena - por Lu Rabello


Venho falar sobre um livro não tão famoso e não tão querido de Machado de Assis: HELENA

Helena faz parte da fase romântica de Machado. Fase tal, que faz muitos torcerem o nariz.