terça-feira, 29 de janeiro de 2019

Ressaca literaria, como sair dessa? | Por Leila Jacob

Oi pessoal, tudo bem?


Imagem relacionada



Vocês já entraram naquela fase em que não consegue ler nada?
Confesso que não leio mais como antigamente, era leitura atras de leitura sem pausas para absorver a ultima historia. E foi assim por muitos anos até que comecei a fazer um curso técnico, depois entrou a graduação com muitas legislações, leis e historia para serem absorvidas todo semestre.


segunda-feira, 28 de janeiro de 2019

Melhores e piores livros de 2018


Resultado de imagem para livros gif

Em nosso primeiro post coletivo, fizemos, com muita dificuldade, já que são tantos os livros, um levantamento dos melhores e dos piores lidos por nossas colunistas em 2018. Confiram.

Olá, povo que lê!

2018 terminou e com ele minha meta de leitura fechou em 40 livros. Eu costumo marcar os livros que leio lá no Skoob, vocês conhecem essa plataforma? É muito legal, vou deixar meu link aqui pra vocês visitarem. Num outro post eu falo mais sobre o Skoob, ok?
Vamos ao que interessa... gente, entre 40 livros, pensa numa dificuldade pra escolher o melhor... Tiveram muitos que selecionei como 5 estrelas no ano passado, de verdade, mas depois de muito pensar, resolvi escolher um, finalmente:

quarta-feira, 23 de janeiro de 2019

Como gostar de Literatura Brasileira - Lu Rabello


Olá, leitores.
O Brasileiro não lê muito os próprios autores, não é mesmo?

Sempre está de olho nos lançamentos gringos, sejam eles Americanos, Europeus e até os do Oriente vem crescendo por essas bandas e no mundo afora também.
E os nossos queridos escritores que não devem nada aos estrangeiros, ficam jogados, relegados a uma possível leitura num futuro que nunca chega.
Para ajudar, alguns livros são exigidos nos vestibulares do país, e ao serem colocados como leituras obrigatórias, viram sinônimos de leituras chatas. Basta um pulo.

O aluno já vem com aquele “ranço” sem nem dar chance a uma boa estória nacional.
Mas digo que você não sabe o que anda perdendo ao ficar só nos best-sellers internacionais.
Literatura Brasileira é bom demais, sô!

segunda-feira, 14 de janeiro de 2019

Experiências mundanas por Cristiane Oliveira



Mesmo sem querer, acabamos sabendo de alguma notícia sobre a área política de nosso país.
Entre as últimas semanas de novembro até o momento ouvimos o vaivém do polêmico auxílio moradia para os magistrados e demais parlamentares do país.
A diversidade nos torna mais sábios e flexíveis e menos acomodados em certas realidades, correto?
Há alguns meses tive o prazer de me dedicar à uma leitura que me enxertou não só com mais  conhecimento de mundo como, também, um sentimento de que, de fato, unidade é o ponto chave.
A autora Claudia Wallin, jornalista e estudiosa da vida em sociedade de seu atual país, a Suécia, consegue de forma leve, clara e com diversos exemplos práticos mostrar como um lugar já cometido por certas práticas não muito justas, conseguiu ser um ponto de referência no quesito igualdade social.


Você já deve ter ouvido falar em algum canal de informação que a Escandinávia, em especial a Dinamarca, é o lugar onde as pessoas sentem a maior sensação de igualdade e justiça entre seus pares.
A mensagem do livro é bem clara: o bem estar e a justiça é uma tarefa de todos. É um trabalho em conjunto, feito com rigor e constância.
O foco é manter a positividade, buscar exemplos do que surtiu efeito mundo afora e, aos poucos, irmos sedimentando as pedras que darão lugar à uma morada que nos encha de orgulho.



quinta-feira, 10 de janeiro de 2019

Projeto: Leia gastronomia | Por Leila Jacob

Oi pessoal, tudo bem? 

Mais um ano chegando e eu já venho toda empolgada para apresentar um projeto para vocês.



Eu sou formada em gastronomia e existem diversos livros que abordam o tema, sendo eles técnicos, instrucionais, históricos ou até de ficção.

Pensando em ler mais sobre minha área, lanço o projeto #LeiaGastronomia, onde lerei 1 livro sobre gastronomia por mês, formando então no final do ano, 12 livros.

Vai ter lista com os títulos a serem lidos?

Não, vou lendo conforme minha vontade. Sei que vai ter mês que não vou querer ler sobre história e sim uma ficção bem água com açúcar (Ou só vinho, quem sabe, rsrs)

Pode ser que através das descobertas a serem lidas eu faça e post algo aqui no blog.
É uma experiência nova que vou descobrir junto com vocês, e é claro, todos podem participar.

E vocês, tem algum projeto em especial para 2019?
Deixe comentários e vamos conversar!

Sigam os igs:

@linguaeliteratura_

@fabipsanchez78

@leilabookcook

@tworeadergirls

@literandoo

Acompanhe nossa rotina nos igs!