terça-feira, 6 de agosto de 2019

Um momento de escrita - Por Leila Jacob

A vida do leitor é rodeada por diversas manias e vontades. Creio que se eu não fosse uma boa leitora com certeza não estaria escrevendo esse post para o L&L e muito menos vários textos que escrevo em minhas cadernetas de florzinhas.
O fato é que a maioria dos leitores já se viu pensando em escrever algo novo e diferente, se anima muito para começar a contar sua estória. As vezes ele é barrado por uma pessoa que não sabe nada de escrita e diz que o texto está péssimo, já aconteceu comigo se já, ou quando seu romance está pronto ele descobre que o mercado editorial é péssimo.

 
Resultado de imagem para escritor gif


Quer um conselho de amiga?
Escreva, não olhe para esquerda ou direita e escreva. O dia que você sentir que é algo publicável procure um leitor beta, um revisor e varias outras pessoas que fazem parte do processo. Mas nesse momento apenas escreva

E pra não ficar só nessas palavras, aqui vai um texto que escrevi para o desafio dos 30 dias( que só fiz 7, mas a vida do escritor amador é assim mesmo).Para escrever esse texto me inspirei na série Desperate Housewives, mas deixei o final um pouco mais chocante do que de costume na série. Bem espero que aproveitem!

Suzana não podia acreditar que estava fazendo isso, ela sabia que iria se arrepender amargamente dessa participação macabra. Ela não tinha escolha, não poderia dizer negar isso para sua amiga, nem ela nem as outras poderiam negar.

A mais mandona era Lizete, só que nessa noite ela estava muito quieta. Muito antes do evento trágico acontecer, Lizete tinha pedido para o marido ir embora de casa. Ela sabia que ela tinha 50% de culpa por aquele casamento não ter dado certo, mas ela estava se sentido satisfeita e livre. De vez de estar preocupada com o que estava fazendo ela estava pensando em divorcio, essa era Lizete.

Estavam indo em direção a floresta, e a ideia desse passeio secreto era de Bia, a mais estrategista do grupo. Era só enterrar e pronto, até por que ninguém visitava aquela parte da floresta. Bia amava suas amigas e as protegiam custe o que custar, e se fosse preciso cavar  um buraco no meio da noite iria fazer isso, sabia que o Criador não aprovava sua atitude, mas deixou esse pensamento para o dia seguinte. Não poderiam contar a policia, tudo estava contra elas.

-Desce do carro Daniele, não podemos demorar, não podemos ser pegas agora.

-Não me apressa Bia, você sabe que isso é horrível para mim! - Fungou tentando mostrar o quanto estava abalada.

As quarto mulheres puxaram o baú do porta-malas e levaram até a clareira mais distante da estrada. Cavaram uma cova funda, jogaram o baú e cobriram de terra. 

-Me sinto suja! - Murmurou Suzana - Como vou olhar para minha família amanhã, vou me sentir julgada a cada instante!

- Só você, e eu que sou a causa disso hein Suzana, precisávamos fazer isso!

-Não Daniele! Você nos jogou na sua sujeira e tivemos que limpar a pulso!!!- Gritou Lizete com raiva de toda a situação.

- Meninas vamos voltar para o carro rápido, esse é o nosso segredo, fizemos isso pela Daniele. Todas temos que colaborar, lembram da Alice, morreu porque não contou com nossa ajuda! Ninguém será vitima da injustiça, nunca mais! 
E tomaram o caminho de volta para a pista, o chão estava molhado e quando mais elas andavam os sapatos ficavam mais pesados e grudentos. Daniele estava sentindo as agulhas do salto afundarem na lama e estava ficando mais gosmenta.

-Meninas estão sentindo essa lama ficando gosmenta?

-Ai, meu pé atolou, me ajudem a sair daqui! - Susan se sentiu uma aflição grande ao ver o pé dentro daquele barro.

-Nossa Suzana, não consigo te puxar! Vem ajudar Daniele e Lizete.

Quando Bia olhou para trás viu as amigas sendo engolidas pela lama.

-Meninas!!!

Ao voltar os olhos para Suzana, viu a amiga petrificada, roxa e fria. 

-Suzana!!!O que está acontecendo???

Bia sentiu alguém puxando o seu pé, seu coração congelou ao ver a mão que saia da terra, aquele anel, não era possível. 
O cadáver não estava feliz por morrer tão tragicamente e ele não iria ficar sozinho naquela floresta.

-ahhh!!!!!

Deixe seu comentário e até mais!

Sigam os igs:

@linguaeliteratura_
@fabipsanchez
@leilabookcook
@tworeadersgirls
@cristianeolis78




2 comentários: