sexta-feira, 3 de abril de 2020

Desafio de escrita: Lar doce lar - por Leila Jacob

Caro leitor,
Confesso que não sou uma grande fã de poesia, mas leio. Na minha estante se encontra Vinícius de Moraes, Carlos D. De Andrade, Lygia Fagundes Telles, Florbela Espanca e essa gente legal em peso.
Mas leio de vez em quando, nada muito rotineiro. Estava conversando com a Fabi e ela disse que queria inovar e não falar de amor, já percebeu quantas poesias de amor existem por aí?
Amor não falarei, mas achoque vocês acharão bem diferente a poesia que está por vir, aliás bem do momento rsrs.


Lar doce lar

Vai pra casa descansar
O dia está ensolarado
Mas não é tempo de visitar
Fica em casa e descanse

Aproveite o seu tempo
Quem sabe escrever um poema
Para poder compartilhar 
Ou fazer coisas novas
Veja likes cintilantes

Passa álcool e sabão
Com esse vírus todo solto
Ele pode te pegar
Mas não dê brecha pra ele

Todos juntos nessa luta
Para essa fase ruim acabar
Ainda vamos sair para fora
Só não dê brecha ao malvado
Para ele se esmorecer.


Cora Coralina chora ao ler isso, mas cada um com seu dom rsrs.
Deixe seu comentário e vamos papear.
Até semana que vem!




Siga-nos no Instagram

@fabipsanchez78

@tworeadergirls

@cristianeolis78

@culinariaehorta

@leilabookcook 


Um comentário:

  1. kkkkkk, será que Cora leu? Morri com esse seu comentário final! kkkkk

    ResponderExcluir