sexta-feira, 1 de maio de 2020

Leituras de Abril de 2020 - Lu Rabello

Olá, leitores.

Abril foi um mês complicado e de poucas leituras. Mas tudo o que li foi bastante satisfatório



Comecei abril lendo um livro divertido, mas que me fez pensar em alguns aspectos da vida, chamado “A Lista dos Meus Desejos”.

Confesso que a capa me chamou a atenção mas a o conteúdo me pegou de jeito <3


Capa fofa com estória surpreendente




Fazia muito tempo que um livro não me deixava largá-lo até saber o que ia acontecer. Além de a diagramação ser excelente, a estória também é muito boa.




As edições da Alfaguara são deliciosas de ler



Jocelyne é casada há duas décadas, tem um armarinho na cidadezinha em que vive, amigas divertidas, um blog sobre tricô que anda fazendo muito sucesso… enfim, uma vida feliz e pacata. Por insistência dessas amigas, um dia, joga na EuroMillions, o equivalente à nossa Mega-Sena e ganha sozinha a bolada de 18 milhões de Euros. Você já imaginou o que faria se ganhasse na Mega-Sena?
Será que tanto dinheiro traz felicidade? Uns dizem que sim, outros que não...
Enquanto uns comprariam carros luxuosos, mansões, helicópteros, outros apenas fariam listas simples de pequenos prazeres para aproveitar a bolada : comer num restaurante legal com as amigas, comprar uma coleção completa dos seus dvd´s favoritos, um tratamento num spa…
Ninguém encara a mesma experiência da mesma forma, aí está a graça da vida. Me fez refletir no que realmente tem valor na vida.

Uma leitura maravilhosa. Um daqueles livros em que nos surpreendem positivamente.

A personagem principal poderia ser aquela nossa amiga mais próxima, aquela a quem partilhamos nossas dores e alegrias, isso também ajudou a criar a empatia imediata.
Fui atrás de outros livros desse autor francês chamado Gregoire Delacourt, que eu nunca tinha ouvido falar, mas pelo visto, só esse foi traduzido para o português. A escrita dele é rápida, gostosa mas com uma profundidade que poucos conseguem produzir em poucas páginas. Li essa pequena obra-prima em um dia. Imperdível

E aí, você já preparou sua lista de desejos?


Se o livro acima é um tanto desconhecido, o próximo virou “arroz de festa”. Todo mundo já ouviu falar e muitos já leram.
Após mais de 10 anos de seu lançamento, achei que já era hora de lê-lo.


Um dos poucos que li na vida e não sei dizer se gostei ou não


“A Cabana” fez e ainda faz muito sucesso. Seja pela mensagem, seja ao menos pela curiosidade de conhecer a obra que ficou tão famosa.
Um pai de família perde sua filha caçula de forma trágica e após um período de luto, recebe uma mensagem de Deus pedindo para encontrá-lo na cabana. Local em que esteve com a criança pela última vez. No ínicio do livro, o autor diz que a estória é real. Não vivida por ele e sim por um amigo que pede à ele para escreve-la. Um tanto inverossímel de se crer mas acredito que a obra venha a atingir justamente àqueles em que a fé precisa ser posta à prova.
Honestamente, não consigo dizer se gostei ou não do livro. Ele não é ruim, mas não sei classificar a experiência.
Tem o filme baseado no livro mas não me animou a assistir. Alguém já viu? Recomenda?

Um livro acima de tudo, sobre perdão.
Talvez seja Marketing a historia de que se você não gostar ou entender o livro, ele não é pra você. Bem, ele vai impactar cada um de acordo com suas crenças Longe de ser ruim mas também não achei que foi um divisor de águas para mim.

Estou lendo também O Jardim Secreto com minha filha.
Quero finalizá-lo logo para assistir ao filme com ela, mas ela não aguenta ler muitas páginas por vez. Por ter apenas 10 anos, ainda está numa fase bastante infantil na leitura, gosta de livros com muitas figuras e pouca estória… o negócio é insistir aos poucos porque tudo o que é obrigatório torna-se tedioso.

Falando em livros infantis, depois de tantas leituras “adultas”, eu pedi uma sugestão de livro pra ela. Sim, pedi uma indicação de livro que ela tenha gostado muito para eu espairecer a cabeça. E ela me indicou
Diário de Aventuras da Ellie.



A versão feminina de Diário de um Banana


O equivalente ao Rodrick do Diário de um Banana, a Ellie é uma menina super divertida que vai acampar com os tios e primos (chatos).
Lá eles irão aprender a se unir por um bem comum e a tolerar as diferenças.
Adorei a experiência, além de me divertir, vi que a leitura acabou sendo até bastante reflexiva para a meninada.
O livro segue o mesmo estilo de Diário de um Banana: letras grandes, desenhos e temas que puxam a criançada para dentro da estória.

Li também Cleópatra. Estava enrolada nesse volume desde janeiro desse ano, mas nesse mês, criei coragem e encarei as quase 400 páginas restantes.
Todos conhecem a história da famosa rainha do Egito por isso não me estenderei muito.







Mas vale destacar o trabalho da autora, Margaret George, que além de escritora, é uma estudiosa sobre o Egito Antigo e fez um belíssimo trabalho construindo um romance histórico do período em que Cleópatra governou. 
Esse livro é o primeiro de uma trilogia



Nesse volume, a autora colocou a voz de Cleópatra como narradora da própria estória. Acompanhamos toda a sua infância sob seu próprio ponto de vista, o que nos aproxima ainda mais dessa figura importante.

Em todas as 485 páginas a autora, não insere nada que não seja necessário, não fica tentando preencher lacunas. Tudo o que realmente importa está ali. Ela vai direto ao ponto, por isso a estória envolve. Nesse volume, ela vai focar na sua paixão por Julio Cesar e a aliança entre Egito e Roma.

Aprovadíssimo.. Agora só falta ler os outros dois ;)

Comentei com vocês, mês passado, que estamos fazendo uma maratona de leitura no nosso Café Literário.

Não avancei muito nos desafios. Somente conclui os números  4, 6, 7, 8 e 9:

1. Ler um livro de um autor europeu.
2. Ler um livro com capa com mais de cinco cores
3. Ler um livro onde o protagonista faça parte de um grande grupo 
4. Ler um livro que não seja narrativo - Para esse peguei Paris, Apaixonada
5. Ler um livro para uma criança (já que estão todas em casa) 
6. Ler um livro que está há mais de 3 anos na sua estante - A Cabana
7. Ler o último livro que comprou - A lista dos meus desejos
8. Ler 100 páginas em um dia - Acabei usando o Paris, Apaixonada para esse também (e o abandonei depois. Não comentei sobre pois achei muito bobinho, uma tentativa falha de humor que não funcionou - pra mim!)
9. Ler 300 páginas até o fim do mês  - Ok!
10. Ler um livro com personagem ou cenário brasileiro 

E vocês, o que andam lendo nesse período de quarentena que se segue indefinidamente?

Um beijo, fiquem todos bem!
Lu

Siga-nos no Instagram


@tworeadergirls

@fabipsanchez78

@cristianeolis78

@culinariaehorta

@leilabookcook 

2 comentários:

  1. Que livros maravilhosos Lu!
    Confesso que o que mais me chamou atenção foi A lista dos meus desejos.
    A Alfaguara é incrível...cada história❣️
    Espero que maio traga boas leituras 😘

    ResponderExcluir
  2. Tb gostei muito, Leila. Te empresto se você quiser. Adoro demais as ediçoes da Alfaguara, boas estorias e boa diagramação

    ResponderExcluir